Notícias

Tudo o que você precisa saber ao comprar o seu primeiro imóvel



O sonho do imóvel próprio é compartilhado por muitas pessoas. Planejamento de anos, pesquisa de bairros, cidades, valores e condições… tudo para ter aquele cantinho para chamar de seu.

Para ajudar quem está vivendo esse momento da vida, listamos algumas informações de ouro que podem ajudar nesse processo.

O momento ideal da sua vida financeira

Comprar um imóvel é um grande passo. Ainda mais se é o primeiro! Na hora de procurar, analise se cabe no seu bolso pois, assim como todo investimento, para adquirir um imóvel é preciso estar preparado, principalmente porque existem vários custos e taxas envolvidos.

O tipo de imóvel e a localização

Casa, apartamento ou imóvel rural? Tudo depende do seu objetivo e dos seus planos para o futuro. Cada tipo de imóvel e região tem suas particularidades de valorização e é por isso que antes de tudo, é preciso pesquisar bem. Só assim você poderá ter certeza de que está fazendo um bom negócio.

Evite dores de cabeça

Cheque se está tudo certo com a documentação do imóvel que você quer comprar, se está tudo em dia e de acordo com a lei. Se quiser, pode consultar um advogado para analisar tudo e garantir a sua segurança na hora de comprar. Além do mais, levantar todos esses documentos vai ajudar e muito na hora de fazer a escritura!

Imóvel comprado? Hora da escritura!

Depois de enfim fechar a compra do seu primeiro imóvel, chega o tão esperado momento de obter o documento no seu nome. A escritura de compra e venda, que pode ser feita aqui no 26º presencialmente (com agendamento) ou de forma totalmente digital, junto ao registro de imóveis, garante a sua propriedade. Clique aqui e saiba mais.

Uma curiosidade: de acordo com a Lei 6015/73, há a possibilidade de você ter um desconto de 50% na taxa de registro do seu primeiro imóvel, porém, existem algumas condições para isso. São elas:

  1. Ser o primeiro imóvel a ser registrado em seu nome;
  2. O imóvel estar com o IPTU do ano vigente regularizado;
  3. O imóvel ter sido financiado pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH);
  4. Você ter a intenção de morar no imóvel;
  5. O valor do imóvel não ultrapassar R$950 mil*.

Se você e o seu imóvel atendem a todos os requisitos acima, basta solicitar a declaração no cartório no momento em que pedir a escritura. É importante lembrar que o desconto é possível somente para o registro, e não se aplica para o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Acesse as notícias e fique por dentro de outros temas. 

*Valor máximo estabelecido para o estado de São Paulo. Para outros estados, é preciso consultar o cartório.

Últimas notícias